4 Cuidados “higiênicos” que protegem suas Finanças Pessoais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

4 Cuidados “higiênicos” que protegem as Finanças Pessoais

Neste post o objetivo é para  fazer você  saber  como se prevenir de auto-boicotes financeiros,  garantindo resultados  que lhe deixem efetivamente em segurança e  dando a você a sensação de Poder pessoal  e no controle da sua vida financeira. Ou seja, é chamar atenção para coisas que estão no seu piloto automático e faz você agir inconscientemente contra você mesmo. É algo estúpido, se submetermos certas decisões para o cérebro racional  fazer uma analise fria. Mas, é assim que infelizmente funcionamos. Sei que é duro pensar nisto, mas é uma grande realidade e verdade. Se não fosse assim o mundo, com certeza, poderia ter menos pobreza.

Bem, vou chamar de as “4 armadilhas  que descontrolam as finanças Pessoais” .

Não é novidades para a maioria as pessoas que o  descontrole de gastos é o maior vilão  nas finanças pessoais.

Sem educação financeira a maioria das pessoas se entregam ao consumo  sem se dar conta do que estão fazendo são seduzidas pelo  celular novo,…a maquininha especial para uso do crédito, a facilidade de compra pela internet,..a nova smart TV..etc.  Contudo, na verdade, estas coisas por si só, não são más, pelo contrario, são ótimas, o problema é quando você compra a crédito, com dinheiro que não tem, dependente de um emprego que cada vez é mais escasso. Sendo assim, você vai concordar  comigo que é uma decisão arriscada. Perigosa. Não é verdade?

Então os quatro pontos de descontrole nas finanças  que destaco são:

1-Desconhecimento e desinteresse sobre o valor do dinheiro na sua vida

Talvez não seja o seu caso, mas com certeza é caso da grande maioria das pessoas. Em outras palavras isto significa: “usar de forma incorreta o dinheiro”, priorizando o a afirmação social (status), gastando com coisas que perdem valor e não coisas que se multiplicam de valor. Exemplos são:  o desconhecimento financeiro do poder dos juros compostos sobre o dinheiro investido e da importância do HÁBITO de  priorizar uma parte dos seus ganhos para você mesmo.

A solução para isto é obvia: Se você quer realmente dominar a sua vida financeira, precisa abrir mão de hábitos que comprometem a construção de um futuro promissor. é muito simples, enquanto  você não muda de hábito o mais rápido possível, o seu futuro fica condenado ao desastre. Mas tem uma boa notícia, é que para esta armadilha existe um antídoto:

Buscar CONHECIMENTO (livro, cursos, ebooks,etc..). Depois, você precisa ter  INTERESSE E PRATICAR.

Para praticar a primeira coisa é ter um orçamento pessoal. Então, …treine,..treine..treine  até   ASSIMILAR  o  aprendizado,  assim vai  criar um hábito novo, saudável e  produtivo. Pronto!!

2-As compras feitas como compensação emocional

Essa armadilha é a mais descarada que existe e quase ninguém se dá conta. Toda compra gera uma prazer onde se   p-e-n-s-a   pouco e se mergulha nas sensações do momento. Isto é equivalente ao efeito de uma droga relaxante. Neste momento você  não estará sob o efeito da r-a-z-ã-o  e assim vai priorizar o uso do dinheiro de forma incorreta  e vai comprometer a sua vida. Então, o momento de prazer vai passar e vai ficar no lugar , talvez, a preocupação com alguma conta a pagar , com a possível falta de dinheiro para coisas realmente necessários…e , novamente, o futuro financeiro também comprometido..Solução para essa armadilha são  2 dicas :

1- DICA No 1- Se você está com fome, ou desequilíbrio afetivo ou emocional, postergue sua compra. Você não está com a lucidez financeira adequada.

2- DICA No 2-Tenha um  f-o-r-te   objetivo financeiro definido para a sua vida. Se você tem um objetivo e está focado nele, aumentam suas chances de NÃO ceder aos gastos desnecessários.  Ok?

3-Noção correta de valores pessoais

O que é “noção de valores pessoais”? Essa armadilha parece meio subjetiva, mas é fácil, quer dizer o seguinte: É simplesmente  saber em termos de uso do dinheiro o que é  o mais IMPORTANTE. Aquilo que vem primeiro …O  p-r-i-o-r-i-t-á-r-i o,   e o que não é importante.  É a noção do que realmente tem valor e o  que é acessório e superficial. Eu até acho que se pode ter o tempero do acessório e o superficial para dar sabor a vida de vez enquanto, mas, desde que não comprometa um compromisso com aquilo que é Prioritário, como por exemplo, a construção da riqueza pessoal . Essa sim é  uma  CONSTRUÇÃO sólida, que faz você  cuidar do dinheiro para objetivo realmente importantes, não só para o presente, mas para a vida toda.

4-Pagar com cartão de crédito ao invés de pagar em dinheiro

Essa armadilha significa a Perda da noção do valor real do dinheiro. Claro é muito fácil pagar no cartão, você NÃO vê o dinheiro saindo e assim dói menos no bolso, mas facilita a  possibilidade perda  da consciência financeira, se você não tem um orçamento e algum comprometimento com planos e objetivos futuros. Aliás o endividamento das famílias é um caso de calamidade pública, conforme a estatísticas  que dizem que 60% dos brasileiros estão endividados e  inadimplentes.  Neste caso, então, deixe o cartão em casa.

Conclusão

De forma resumida vimos então que de muitas armadilhas possíveis para descontrole do dinheiro, temos 4 que considero das mais perigosas, são elas:

1-O desconhecimento de finanças e o desinteresse.  Neste caso a  solução é refletir sobre os resultados financeiros do presente que você está obtendo e imaginar para qual o futuro que você está sendo levado. Com base nisto, decidir e começar a fazer algo o mais rápido possível para melhorar o que está bom, ou para evitar que fique pior.

2-Evitar compras para compensações emocionais

3-Ter noção correta de VALORES  financeiros pessoais ( Quais são os seus valores?

4-Pagar em dinheiro ao invés do cartão de crédito

Bom…fica ai um reflexão: Qual a vida financeira que você está construindo hoje? Quais os seus resultado? E o que você pode fazer para mudar isto amanhã?

Sobre o Autor:

Carlos Sampaio

É Administrador de Empresas, planejador financeiro e Coach de Finanças. Por acreditar que  a Educação Financeira e o autoconhecimento podem mudar vidas, criou  canal no youtube, e Blog para compartilhar conhecimento de finanças  e matérias e cursos  sobre mudanças comportamentais  que leve a prosperidade financeira.

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário

Inscreva-se para receber nossas novidades